terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

Na era da estética

“Não me venha com este papo de beleza interior porque eu nunca dissequei meu namorado para ver como ele é por dentro!”

[Marta Neves, professora da matéria Estética, do 5º período de Comunicação Social – ênfase em Gestão de Comunicação Integrada, da PUC-Minas, em 05/02/07, na primeira aula do semestre.]

Não há necessidade de mais nenhum comentário, né?
Hugo Rocha

4 comentários:

helder matias disse...

Ow a "fessora" não mandou bem ai não...
mas quem sou eu pra critica-la...huauhuahua

há muitos fatores que influenciam na escolha do(a) "parceiro(a)", as vezes a beleza é crucial p/ a decisão como as vezes não é...

Eu tenho meu padrão estético de mulher já, e já vi muitas que se encaixam neste padrão porém esse tal "interior" não batia....
Ps. Hj na sala tem uma q se encaxia perfeitamente...huahauhauahuahuahua

Mas se a Juliana Paes me der um "boi", eu caso com ela....kkkkk (estragei tudo...huhuhu)

Anne disse...

Ah acho q a agente não deve ficar cm uma pessoa pela sua beleza, porq a beleza passa. E vc não vai conseguir conviver por mto tempo cm uma pessoa, q não tem nada a ver cm vc, ou q não seja de uma boa indole.

Tbm acho, q não é por isso q agente deve largar a blz exterior, prq ela é mto importante tbm. temos q nos cuidar.....

eu penso assim =]

beijão hugo, boa escolha de tema =]

Deus abençoe!

Natália Chaves disse...

Oi!
É engraçado como algumas pessoas são preocupadas com a estética, mas em função dos - péssimos - padrões sociais. Plásticas, silicone, botox? Estão tão comuns quanto arroz com feijão. Acho que o cuidado consigo, o desejo de mudança disto ou daquilo, deve acontecer independete do outro. Ninguém é igual, cada um tem seu charme, seu encanto. É preciso valorizar-se, explorar o que de melhor existe em si. É válido, sim, mudar, desde que esta mudança não seja uma forma de tentativa de se igualar a fulano (estéticamente) ou superá-lo (porque, de acordo com alguns, é até concorrência).
Quanto à "beleza interior", eu costumo chamá-la de "caráter"; quem o tem, com certeza é belo. O físico pode influenciar a aproximação das pessoas, aumentar o desejo de conhecer melhor; mas é fato que o caráter é, sobretudo, mais importante. Com ele e o amor, juntos, o resto torna-se desnecessário e insignificante.
Beijo, Mocinho!

Edson-omsc disse...

Apesar da "beleza exterior" ser importante,concordo com os comentaristas quando dizem que devemos levar em consideração a "beleza interna".
Se a beleza interior não fosse importante coitados dos feios (as).
E gostei da definição dada pela Natalia. A beleza interior representa mesmo o caráter da pessoa, e a exterior é vista se o cara ter ....