segunda-feira, 29 de junho de 2009

Repetir

Ser repetitivo não é considerado algo muito legal (nem mesmo essa palavrinha pode ser considerada “legal”). Mas, com exagerada frequência, dou-me o direito de ser repetitivo. Neste espaço, repito ainda um pouco mais. Para mim, repetir não tem o significado que tem para a maioria das pessoas que conheço. Nem sempre repetir demonstra falta de criatividade. Repetir, no meu caso, demonstra certeza. Coisa que me é rara. Sou homem de pouquíssimas certezas.

Uma das minhas certezas está relacionada às pessoas que me são especiais. Outra certeza – e que, aqui, repito – é que muita gente se aproveita de aniversários para dizer que certas pessoas são especiais. Estranho... pessoas especiais, mas que só merecem saber disso em um dia dentre 365 (ou 366). Esse é um dos casos em que prefiro ser repetitivo...

Quem me lê (especialmente quem diz que gosto de rodeios) já percebeu que hoje é aniversário de alguém especial. E o questionamento (que também não tem nada de inédito) pode surgir uma vez mais: se você não gosta de aniversários, por que escreve para algumas pessoas na data, e não em outro dia qualquer?

Simples! Eu não teria tempo de escrever para as pessoas que me são especiais todos os dias. E me confundiria ou me esqueceria de algumas se não tivesse um cronograma. Como é mais fácil fazer uso de um cronograma já criado (como a data de nascimento de cada um) que criar outro (imaginem o trabalho de definir outro dia para escrever algo pra quem eu gosto), optei por fazer uso do que está aí. Mas faço questão de fugir dos clichês...

É meio inútil desejar que as pessoas tenham saúde apenas no dia do aniversário. Mais amigável é ser companhia saudável no dia-a-dia. Desejar dinheiro e sucesso? A lógica social já as impele que sigam nessa busca. Prefiro influenciá-las para que persigam o contrário: desejo que elas transformem o seu “mundo”. Mas a pior parte, penso, é desejar amor. Amor não se deseja. Amor precisa ser vivido, partilhado, amado!

Hoje é aniversário de um amigo muitíssimo amigo meu (isso mesmo, com a redundância!). Não tenho muitos desejos. Só quero que a presença dele se repita em minha vida. Até hoje, nenhuma pausa foi suficiente para impedir que nossa amizade voltasse a se repetir. Espero que seja sempre assim!

Hugo Rocha

2 comentários:

André disse...

mesmo assim desejo parabéns... xD

PS. amanhã é dia 30... lembra?

Leandro Neri disse...

Eu adoooooooro aniversários!!!! =P

E continuo achando vc a pessoa mais complicada pra desejar "parabéns" pra outra! rsrs
Mas como "repetir" não faz mal, repito! =]

Ps.: Tenho medo de perguntar a data do seu aniversário! hauihauihauihaia
Foi ontem, foi? rsrs