sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Pra que adiar?

Pra que deixar as coisas essenciais para o amanhã, se o amanhã não existe? Por que adiar o que pode ser resolvido hoje, se é possível que só se tenha o hoje para resolver? Por que contar com um futuro que é apenas – e sempre – ideia e nunca uma realidade?

Sim, é isso mesmo! E apenas isso... não dá pra adiar a vida. Não é possível deixar pra viver amanhã. A vida é hoje – sempre e apenas hoje!

E chegará um dia em que o hoje único será também o hoje último. Como saber a hora? Como saber o que ainda resta?

Impossível! Melhor é evitar adiar a vida enquanto se tenta acertar. E apenas viver. O hoje é sempre hoje!

Se houver amanhã, amanhã já não mais será. Mas um outro hoje. Às vezes novo, às vezes diferente, mas sempre hoje...

Hoje, confesso que amo viver. A vida me atrai, me consome, me envolve... por isso, não posso mais abrir mão do hoje por um futuro que não existe.

Aos que amo, apenas um pedido: vivam hoje. O próximo hoje pode nunca chegar. Esperar é correr o risco de abrir mão da vida por uma ilusão. Viva hoje, ame hoje!

Se o próximo hoje não chegar, a única coisa que continua é o amor – presente em todo e qualquer hoje!

Então pra que adiar?
Hugo Rocha

Nenhum comentário: