quarta-feira, 2 de março de 2011

Minhas memórias Diante do Trono

Eu não tinha nenhum gosto especial por música aos 11 anos, em 1998, quando tia Fátima chegou à casa de vovó Eclair (nossa eterna vófis) com um VHS de título ‘Diante do Trono’, gravado na Igreja Batista da Lagoinha, já muito famosa entre os evangélicos de Belo Horizonte. Eu também não tinha gosto especial por nenhum artista, quando dediquei mais de uma hora assistindo àquele VHS. Sei que gostei e, no dia 24 de setembro, no meu aniversário de 12 anos, ganhei da minha avó o primeiro CD dos muitos que hoje tenho: Diante do Trono.

No ano seguinte, em 13 de fevereiro, foi gravado aquele que, para mim, é o melhor álbum de música cristã já produzido no país: Exaltado. Comprei-o, o segundo da série Diante do Trono, no dia em que chegou às lojas. E assim foi, várias vezes, dali em diante. Em 2000, Águas Purificadoras, a primeira gravação em local aberto, no Parque Gameleira.

Foi apenas em 2001, no dia do aniversário da minha mãe, que tive o primeiro contato com o grupo, já batizado como Ministério de Louvor e Adoração Diante do Trono. Em um Mineirão lotado por mais de 250 mil pessoas, vindas de todo o país, pude cantar junto àquela multidão as canções do álbum evangélico mais vendido do país, com mais de dois milhões de cópias: Preciso de Ti.

Em 2002, pela primeira vez, um CD da série foi gravado fora de BH: Nos braços do Pai, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Desde que a ouvi, ‘Nos braços do pai’ tornou-se minha canção preferida. No ano seguinte, foi a vez de São Paulo receber o grupo: o maior público, mais de 2 milhões de pessoas, para ver aquele que considero o pior CD do DT: Quero me apaixonar.

Salvador recebeu, em 2004, outra das mais belas gravações: Esperança! Aos 18 anos, em 2005, acompanhei pela primeira vez o Diante do Trono fora de Belo Horizonte: em Porto Alegre, às margens do Rio Guaíba, na inesquecível gravação de Ainda existe uma cruz. No ano seguinte, em Belém, foi gravado o nono CD da série Diante do Trono, Por amor de ti, oh Brasil.

Como tudo que começa tem um fim, em 2007, meu gosto começou a ficar abalado pelos exageros cada vez mais frequentes da líder, Ana Paula Valadão. Fora da igreja evangélica, muita coisa havia perdido sentido. Pela primeira vez, fiquei totalmente alheio às músicas do grupo. Em 2008, só após o lançamento de A canção do amor, gravado em Recife, voltei a me inteirar sobre o que acontecia com o DT.

Fiquei apaixonado pelas canções e, a partir daí, passei a separar meu gosto da minha visão a respeito das crenças e atitudes dos integrantes do grupo. Em 2009, após problemas para fazer a gravação em Manaus, o Diante do Trono voltou a gravar em Belo Horizonte. Foi na Praça da Estação, pela primeira vez em agosto, que foi gravado Tua visão. Nesse ano, minha visão também já era totalmente diferente.

Participei de congressos, não sei quantos, e posso dizer que a melhor fase foi a dos realizados no Mineirinho. Lá, em 2004, vi André Valadão gravar o único dos seus CDs que tem algum valor: Mais que abundante. Tive também o desprazer de ver os outros dois: Milagres (2005) e Alegria (2006). Além disso, pude presenciar a gravação de outros trabalhos, como Sem Palavras (instrumental do Diante do Trono, em 2006), Rio (da Nívea Soares, em 2007) e Com intensidade (comemorativo dos 10 anos do grupo, também em 2007).

No ano passado, uma coincidência de datas fez com que eu estivesse perto de Barretos um dia antes da gravação do 13º CD: Aleluia. Com isso, resolvi ir até a Arena do Peão. Nunca me arrependi. Mas, na semana passada, fiquei muitíssimo mais feliz por ter estado lá. Com o anúncio da saída da orquestra das gravações, após vários integrantes do vocal já terem saído do grupo, senti-me grato por ter acompanhado a última gravação com a presença da orquestra.

Não consigo imaginar músicas como Diante do Trono, Exaltado em santidade, Águas Purificadoras, Preciso de Ti, Nos braços do Pai e muitas outras sendo executadas sem orquestra. É triste, muito triste...

Certo é que de 1998 para cá muita coisa mudou. Meu gosto musical não inclui outros artistas classificados como ‘gospel’. Meu forte é principalmente MPB e samba. Mesmo assim, o lugar reservado ao Diante do Trono no meu coração conseguiu permanecer intacto. Lugar esse que será sempre preenchido pelas canções que possuem significado crucial em minha vida. E não com a fase triste e decadente que vive o grupo nos últimos anos...

Hugo Rocha

4 comentários:

Leandro Neri disse...

Poxa vida! Diante do Trono também nunca perdeu seu lugar comigo! Meu gosto tbm mudou bastante, mas vez por outra me pego com vontade de ouvir a 'vozinha' da Ana... hehe
Quando os conheci já estavam no 5º CD. Nos braços do Pai tbm é minha favorita. O Quero me apaixonar foi o primeiro que ganhei. Acompanhei de perto até o décimo. Adquiri o 11 e um 12 com pelo menos um ano de atraso. E o 13 infelizmente não me desceu... Não tenho, nem tenho vontade de ter... Vamos ver o que vai dar esse CD da Ana com o CTMDT né? =/

Jônatas R. Santos 13º disse...

Fala meu mano querido! Saudade de ti cara!, e suas maluquices q me identifico..hihi....a gente graças a Deus n eh bem normal....hehehe...li esses ultimos dois textos, q belos, q profundos e simples...é assim q creio tbm! O DT, gosto de muitas musicas, conheço desde o 1º cd, tem otimas musicas, consegui separar tbm as "babaquices dos ministrantes" das belas musicas q gravaram, mas confesso, n paro p escutar a anos, depois do quero me apaixonar, me des-apaixonei...hihihih...abraço mano, daqueles apertados e com muito amor.....!!!!

Amanda Mourão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Amanda Mourão disse...

Nossa! Também gosto muito de Diante do Trono... Os conheci através dos cds para crianças na verdade quando fui comprar para dar de presente, ouvi eles cantando e gostei. O último cd deles (Aleluia) me agradou... Não com a mesma intensidade que alguns anteriores, mas gostei... Achei lindo o "teatro" que fizeram com dança na música "Me Refaz"... Lindo!
Gosto de voltar aos cds anteriores e ouví-los... Tem muitas antigas com a qual me identifico! E amei a partcipação da Ludmila Ferber no cd... Amo aquela música que elas cantaram juntas!
Enfim, é isso... Acho que animei um pouco escrevendo!hehe :)
;) ^^